Search

Em crise com sua autoconfiança?

Updated: Nov 4

Você sente que algo em você mudou desde sua vinda do Brasil pra Holanda? Sentimento de incompetência ou inadequação? Dúvidas constantes? Timidez ou procrastinação em excesso? Insegurança? Ou perfeccionismo excessivo?


Esses são alguns sinais de baixa autoconfiança. Se você sente que a sua confiança anda um pouco fragilizada, e gostaria de aprender como dar “up” nela, esse post é para você!


Mas afinal, o que é autoconfiança?


Muitas pessoas confundem autoconfiança com autoestima. Apesar de ambos conceitos andarem lado a lado e terem relação com a nossa autoimagem, eles são diferentes. Veja:


Autoestima: A visão e o valor que você tem de si mesmo. É a maneira como você se ama. Tem a ver com a capacidade de estar bem e satisfeito consigo mesmo.

Autoconfiança: É literalmente a confiança em si. Acreditar em sua capacidade, confiar no seu poder de superação e habilidades.


Mudança para a Holanda e autoconfiança


Para muitos, a perspectiva de morar no exterior significa a possibilidade de uma vida melhor, um recomeçar. Mas por que tanta gente se sente sozinha, insegura e vulnerável passado algum tempo?


Geralmente, quando a fase de empolgação e fascinação pelo novo país acaba (a chamada lua de mel), começa a fase do choque cultural. Nesse período, é comum que sentimentos como saudades, tristeza, raiva, insegurança, irritação e uma sensação de incompetência venham à tona.


Durante a adaptação à nova sociedade, você pode se sentir como um peixe fora d’água. Questionando sua decisão de morar no exterior, os valores do novo país e a sua própria identidade.


Morar no exterior é uma experiência que, na maior parte das vezes, põe em xeque a percepção que temos de nós mesmos, podendo afetar a nossa autoconfiança. Isso porque é um momento de transição que gera sensação de instabilidade.


A boa notícia é que essa fase de crise pode ser uma excelente oportunidade para você agir, se reinventar e fortalecer sua autoconfiança!



Photo by Jared Rice on Unsplash

3 sugestões para aumentar sua autoconfiança:


Acredite na sua capacidade de aprender


Uma vez, uma das minhas clientes me disse que se sentia muito insegura na bicicleta quando tinha de aprender um caminho novo. Por esse motivo, ela só usava a bicicleta para ir do trabalho para casa, e vice-versa. Ela tinha vergonha de fazer algo errado em público, ou até de se machucar, afinal, um caminho novo é algo desconhecido.


Moral da história? Acredite na sua capacidade de aprender.


Não espere que você esteja 100% pronto, ou que você saiba de tudo. Qualquer dificuldade que você esteja enfrentando, é simplesmente porque você não aprendeu como lidar com ela ainda. É tudo uma questão de aprender novas habilidades, ou então, de aperfeiçoar suas competências.


Tudo na vida é aprendizado. Lembra quando você era um bebezinho indefeso no colo da sua mãe? Pois bem, olhe o tanto que você aprendeu desde então!


No caso de dúvida, ignore-a


Imagine que você se preparou para uma entrevista de emprego. Mas não é qualquer emprego, é o emprego dos seus sonhos. Você passou dias pesquisando sobre a empresa, leu e releu a descrição da vaga. Está tudo certo e preparado.


No dia da entrevista, pinta a dúvida: “Será que eu me preparei o suficiente? E se eu desse uma olhadinha no relato da empresa só mais uma vez?”. Começa então uma avalanche de perguntas e consequentemente, dúvidas sobre si mesmo.


Sugestão? Ignore a dúvida!


Se você se preparou da melhor maneira que podia, ficar preocupado não vai te ajudar em nada. Ignorar o medo e a dúvida pode ser desconfortável, mas ignore-os até o momento do grande dia. Respire fundo e não sofra por antecipação.


Diga para você mesmo: “Eu estou preparado, quando chegar o momento, eu vou saber o que fazer”.


Seja compassivo


Quando você começar a ficar autocrítico, faça o seguinte exercício:


Imagine que um amigo seu está cheio de dúvidas e medo em relação à capacidade dele. O que você diria para ele? Você o encorajaria ou o colocaria pra baixo? Com certeza, a primeira opção, não é mesmo?


Portanto, cuide de você com a mesma compaixão que você cuida dos seus amigos e entes queridos. Não há motivos para você se tratar de maneira diferente.


Lembre-se que grandes líderes, atletas profissionais, artistas famosos etc., também têm seus dias em que a autoconfiança fica abalada. Ser autoconfiante não é acreditar que você vai vencer sempre. Mas sim, saber que, independentemente da situação, você é capaz de lidar com ela.


instagram.com/humanistic_coach




BAIXE MEU WORKBOOK GRATUITO E APRENDA MAIS SOBRE INTELIGÊNCIA EMOCIONAL!

8 views